domingo, 22 de outubro de 2017

HONG KONG - Jardim de Nan Lian




No nosso passeio a Hong Kong, começamos por visitar Ten Thousand Buddhas Monastery, vimos depois Chi Lin Nunnery e logo de seguida fomos conhecer um jardim lindo mesmo em frente ao convento, o Jardim de Nan Lian.






O jardim foi um projeto conjunto do Convento Chi Lin e do governo de Hong Kong.





Tem uma área de 3,5 hectares. É projetado no estilo da dinastia Tang com colinas, água, árvores, rochas e estruturas de madeira.






Todo o espaço envolvente da Lagoa azul é um encanto. Ao redor da lagoa  ficam dois lindos pavilhões que permitem aos visitantes a oportunidade de relaxar e desfrutar da lagoa.




As estruturas de madeira incluem pavilhões, terraços, torre, pontes e o Black Lintel Gate (portão de entrada) e são construídos em estilo arquitetónico Tang.





Embora existam muitos edifico ao seu redor, é um lugar verdadeiramente bonito, colorido e cénico com uma atmosfera tranquila e calma.






Caminhos silenciosos e sinuosos, rodeados de belas árvores antigas ajudam a libertar o stress e encontrar paz e serenidade.





Xiang Hai Xuan (que significa uma casa que abraça um mar de fragrância)




Na Lagoa de Lótus podemos apreciar o impressionante Pavilhão de Perfeição Absoluta (Golden Pavilion) que está ligado por duas pontes de madeira pintadas de vermelho (Zi Wu) (não são acessíveis)






Hora de ir embora passando pelo seu belíssimo portão, Black Lintel Gate.




Fotos: Pessoais
Texto explicativo: Wikipedia: http://www.hongkongextras.com/_nan_lian_garden.html


E no meio de um inverno ...





E no meio de um inverno eu finalmente
aprendi que havia dentro de mim
um verão invencível.



Albert Camus


sábado, 21 de outubro de 2017

✿ Gérberas - Lindas e de cores vibrantes




Linda e colorida a Gérbera é uma flor que entra quase sempre nos arranjos florais.






É nativa da África do Sul, sendo natural em países da América do Sul, Ásia, África e Madagascar. Pertence à família das Asteraceae (ou Compostas), a mesma do girassol e das margaridas.






O seu nome é uma homenagem ao médico e naturalista alemão Traug Gerber, feita em 1737, pelo naturalista holandês Jan Frederik Gronovius.







Gérbera é um género de plantas herbáceas ornamentais pertencente à família das Asteraceae (ou Compostas), a mesma do girassol e das margaridas. Este género inclui cerca de 30 espécies de plantas herbáceas perenes da família das Compostas.







Possui um caule longo e reto, o capítulo, que aparenta ser uma única flor, mas é na realidade composto (daí o nome ainda utilizado para a família) por centenas de flores individuais, cuja morfologia varia de acordo com a sua posição no conjunto. Pode ter mais de 30 variações de cor, que vão desde o vermelho até o branco podendo contar com mistura de cores.






Não é muito exigente, gostam de exposição solar direta, a abundância de luz ajudará a planta a florir melhor. Solo fértil, rico em matéria orgânica e bem drenável. Regas regulares.





Pode ser cultivada, em floreiras, vasos, jardins ou canteiros. De cores vivas e vibrantes, elas embelezam qualquer tipo de ambiente, sendo muito utilizadas em decorações de festas, salas de eventos e outros espaços públicos ou privados.





Texto explicativo: wikipedia
Fotos:Pessoais

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Poças de água - Poema de Alvina Nunes Tzovenos






. . . poesia dançando nos campos da alma
na evocação da presença lágrima
a dormir na prece do vento irrequieto.


. . . murmúrio do amor que se deitou sozinho
na cama fria da desesperança
com saudade do abraço que aquece os corpos
do beijo a sussurrar promessas presença.


. . . procissão de vozes a se fazerem mar verde
de versos que o vento beija sem chorar
de ilhas virgens a não se deixarem tocar.


Poças d’água
em meus olhos pisados de paisagens alagadas
inundados de todas as vivencias
vivencias de meus horizontes tímidos
a repousarem sobre estradas gritantes.



Alvina Nunes Tzovenos
in 'Palavras ao vento'



quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Jeff Rowland o PINTOR da CHUVA




Apreciando os dias de chuva do PINTOR inglês Jess Rowland.















Para conhecer melhor a obra deste brilhante artista poderá consultar o seu site pessoal "Jeff Rowland"




"Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol. Ambos existem; cada um como é." Fernando Pessoa